sábado, 29 de maio de 2010

Quinze contos de réis

.
.

1. O quadro

De início, não gostava do quadro: estava meio cheinha quando a retrataram. Hoje, está bem mais cheia. No quadro, porém, cada vez mais vazia.

.

2. Privacidade

O respeito à privacidade é a base do casamento deles. Mesmo em casa, quando um deseja ver o outro, sempre combinam antes pelo celular.

.

3. O pé frio

Perdeu os pais na infância, o único irmão na adolescência, a esposa durante a gravidez. A criança sobreviveu – sabe-se lá por quanto tempo.

.

4. Forra

Chorou quando viu o cão mastigando a sua chupeta. Mas logo se acalmou e foi, engatinhando, à forra: roeu bem roído o osso do desafeto.

.

5. Desconto

– Eu nunca o traí, amor. Quantos vezes já lhe jurei isso?

– Trinta e sete. Sem contar aquela do imbecil que enfartou na entrada do motel.

.

6. Solução

A compulsão de comprar era tal que a sua cozinha já virara depósito. Incomodada, decidiu: “Vou comprar um fogãozinho para o banheiro.”

.

7. A mulher mais linda

Nua, a seu dispor, na cama forrada de seda, a mulher mais linda do mundo. Até que abrisse os olhos e desse com o teto bolorento da cela.

.
.
..

8. Sapoti

No balanço que pendia da sapota, empurrava a irmã tão alto que acabou engastando-a entre galhos. Correu para casa. “Mãe, a Lu virou sapoti!”

.

9. Posição

Não era alto, dava para pular dali sem risco. Mas de um lado via uma multidão dizendo é isso; do outro, outra multidão dizendo não é.

.

10. Pombo de louça

Atacava com a atiradeira os pombos que infestavam o quintal da vizinha. Aí surgiu a mulher, furiosa, brandindo cacos do pingüim.

.

11. O rei não está nu

Saiu no carnaval vestido de rei, mas ladrões o puseram nu. Como ninguém disse nada, continuou a reinar na folia, fantasiado de nudista.

.

12. Perfeição

Enfim, a perfeição como escritor: transmutara-se em livro. E acabou num sebo, onde esperaria o primeiro leitor até ser comido pelas traças.

.

13. A ladeira

Saudava os passantes enquanto ia subindo a ladeira. Tão alegre e saltitante que todos viram, com clareza, que ele a estava descendo.

.

14. O segredo

“Onde, diabos, eu guardei – se perguntava – o papel em que anotei o segredo do cofre?”

.

.

15. Pesadelo

Seu pesadelo – toda a humanidade a cair num abismo – virou sonho: pára-quedas se abriram. Acordou ainda no ar, vendo os jacarés lá embaixo.

.

¬¬ ¬¬¬ ¬¬

.

Ilustrações: Vanessa Iacono (clique aqui para conhecer o seu blog)

,

Leia mais 14 contos de réis aqui, 13 aqui, 12 aqui e 11 aqui.

.


11 comentários:

Patricia s2 disse...

MUITO LEGAL...ADOREI...
TEM SELINHO PARA VC...

lucidreira disse...

Olá, foi um prazer encontra-la como seguidora do meu espaço, obrigado, retrubuo, gentileza gera gentileza.
Seus pensamentos dos contos de réis são inteligentimente explicitados mas, irá ter pessoas que terá de lê-los por mais de uma vez para entende-los.
Abraço e volte sempre deixando seus comentários.

Marcel Zaner disse...

Beleza, Tuca. Perfeição é... perfeito! E Pesadelo, uma parábola perfeita para esses tempos farpados que estamos vivendo.

Teophanio Lambroso disse...

Valeu, Patricia. Vou colá-lo na testa... do coração!

Anga Mazle disse...

Obrigada, Lu. Os contos são do Tuca, mas concordo com você. Eu mesma tenho de ler alguns várias vezes para entender.

Tita Nasc disse...

Ótimos! Ri muito com o Desconto. Bjs

Lianara **Lia** disse...

Olá!
Vi seu link no blog de "Patricia s2", vim espiar e adorei teu espaço. Já virei fã e seguidora, viu?

Abraços

Lia
Blog Reticências...

Deco disse...

Sensacional, pra variar! Ótimas também as ilustrações da Vanessa. E é muito legal o blog dela.

sarah disse...

espetacular espetacular

Eliane F.C.Lima disse...

Como são 7 h e 45 min da manhã - estou pau da vida, computador ligado desde ontem à noite, aguardando um download, -, li os contos e me diverti. Recomendo como terapia para relaxar. Vou fazer o mesmo, quando vier a conta de energia elétrica.
Eliane F.C.Lima
(http://literaturaemvida2.blogspot.com

Melanie Brown disse...

Oieeeeeeee!! Ainda nao tive tempo de ler, mas agradeço muito os passos...

:D

Beijossssss'