segunda-feira, 2 de maio de 2011

Licença para matar

.

20 comentários:

Marcantonio disse...

Rapaz, perfeito! Já estou até me sentindo melhor. Como é possível que um chefe de estado vá pra diante das câmeras pra dizer a todo o mundo que enviados seus acabaram de matar, usando métodos terroristas, o maior dos terroristas. Pensei estar vendo um momento de autêntico surrealismo. Não, era só a realidade mesmo posta às claras.
Não deixa de ser uma voluntária confissão da utilização de certos métodos. Sabe-se lá o que já foi feito dessa forma pelo governo daquele país que não tem nenhum interesse em "poder e riqueza"?
Fiquei a imaginar o presidente de há quase quarenta anos atrás dando uma coletiva dizendo que acabara de ser deposto e assassinado o presidente socialista de uma república da América do Sul com a providencial participação dos EUA. E por aí vai.
É tristemente simples: o que distingue moralmente as ações no final das contas, o que separa o bem do mal, renomeando-os a torto e a direito, é o poder. E ponto. O mais é bobagem.

Abraço.

Jenny Paulla disse...

OMG!
Vai com calma,Tio Sam!!!!!
Como sempre,teopha queridão,você até pode fazer esse tom mandão,vulgo dedo indicado apontado para o nariz, mas eu sei que você é pura lascívia.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Assis Freitas disse...

breve teremos um novo inimigo público n. 1 dos EUA,


abraço

Clara Belisario disse...

O Assis tem razão, Teopha. Mas vou mais além: esse novo "supervilão" já existe. Eles não dão ponto sem nó. Não executariam o Ozama se não tivessem um substituto pronto para entrar em ação.

Beijo

Wilden Barreiro disse...

Ozama entra de vez na História maior.
e quando o Império do Bem-me-Quer-Mal-te-Quer enfim cair, Obama vai pro rodapé, junto com Kennedy, Johnson, Reagan, os dois Bush ex-sócios do Ozama, etc.
aos césares o que é dos césares: estátuas de nariz quebrado que os tornam uma massa informe e quase indistinta!

Az.) disse...

Corram para as colinas, os Yankees estão vindo ;*

dá uma olhada nessa postagem a respeito: http://v-for-vintage.blogspot.com/2011/05/omfg.html

Mariana disse...

"É tristemente simples: o que distingue moralmente as ações no final das contas, o que separa o bem do mal, renomeando-os a torto e a direito, é o poder. E ponto. O mais é bobagem."

Izabel Lisboa disse...

Osama Bin Laden, cobra criada na Chechênia pelos EUA, foi morto com um tiro na cabeça, por um seleto "time" de soldados norte-americanos, segundo pronunciamento do chefe maior daquele país, Barack Obama.
Ao anunciar o heróico, honroso e suposto fato à nação norte-americana (cristã e não muçulmana é bom frisar) e ao mundo, Obama proclama que “a justiça foi feita”. A grande Águia justiceira elimina a maldição da face da terra. Tomou para si o direito de praticar a justiça, humana e divina, eliminando o mal onde quer que ele esteja. Especialmente se esse mal prejudica suas rapinagens e coloca barreiras aos seus interesses políticos e monetários pelo mundo afora.
Sem querer colocar água na fervura nos ânimos norte-americanos, que já se manifestam em grandes festejos pelas avenidas e ruas das principais cidades do país, vale questionar: Que justiça foi feita? O que é fazer justiça? O que é justiça para o povo muçulmano? O que é justiça para uma nação que se diz cristã? Enfim, o que é justiça?! Esse país que toma para si o direito de fazer justiça no melhor estilo “olho por olho, dente por dente” é justo e íntegro em suas relações políticas e comerciais com o resto do mundo?!
http://blogdabellisboa.blogspot.com/
Beijo, Tuca! Ótimo post.

Thiago Thi disse...

Esse dedo é um míssil. E louco feito um buscapé. Só que busca cabeças...
Abraço

Antonio Alves disse...

Confesso que fiquei feliz, como negro, quando o Obama se elegeu. Pensava, SONHAVA que era um Mandela. Mas... não passa de um Pelé bem piorado!

Abraços, Teopha!

Thiago Quintella de Mattos disse...

É isso! Dentro do teatrinho onde muitos acham se tratar de uma História. é dessa história que ainda se vive! Marcântonio, ótimo seu complemento, como sempre! Boas perguntas Izabela, mas ninguém as responde senão com o cinismo!

Ipnauj disse...

No han evolucionado nada desde la época de los cowboys.

Un gran saludo.

Carla Diacov disse...

na realidade acho que o Binbin morreu foi de tédio!

Bastidas disse...

Caput bin Laden...que se pudra en el infierno, asesino, criminal, y además jefe de una secta ideológica que subyuga a las mujeres con ese islam mal entendido...y alguna mujer aún no queda feliz???
Yo sí

Malena disse...

MEDO!!

♪ Sil disse...

Teopha, querido!

Eu concordo com todos os comentários feitos aqui, com certeza.

Mas cá pra nós: Eu queria muito ver esse traste do Bin Laden morto.
Que queime no enxofre do inferno!

Ao diabo, o que é do diabo!

Um beijo!

Andreia Costa disse...

e quem não deu licença???

Galantz disse...

Buen texto para acompañar esa mirada.
Saludos

Alzai disse...

Tudo bem, afinal trata-se de um ser humano. Mas,um desse tipo quero longe, bem longe da minha descendência. Muitos o defendem, falam dos direitos humanos, coisa e tal, joão balaio, mas, na hora de levar pra sua casa, pro seu colo,zulive.!!!!!!!!

Um xero.

Artes e escritas disse...

Gostei da propaganda! Um marketing prá lá de legal. Abraços.