segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Office, sweet office – II

.
.

Eu não gosto de ficar falando de trabalho fora dele. Mas, vocês vão me desculpar, hoje é inevitável.

.

Há três semanas fiz uma postagem sobre o meu escritório (aqui), sem qualquer intenção que não a de apresentar a vocês, amigos leitores, um flagrante da minha árdua faina diária no cockpit de minha escrivaninha cativa na Adega da Praça. Não pretendia voltar ao assunto, mas... hoje é inevitável

.

Imaginem que durante a semana retrasada bati ponto no escritório todos os dias, e ninguém me comunicou que haveria expediente extraordinário no sábado à tarde. Minto; o fotógrafo Americo Vermelho, membro da diretoria do blog Tira a mão do meu pé sujo, cujo escritório é geminado ao nosso nas dependências da Adega, comentou vagamente que talvez houvesse alguma atividade naquele horário. Mas não me revelou que o trabalho era de tal magnitude!

.

Tratava-se, leitores, do trabalho que se vê na foto acima. Não era, reparem bem, um trabalho qualquer, já em fase de conclusão, praticamente pronto para ser arquivado. Não. Tratava-se de um processo, um volumoso processo em aberto... Eu diria até que em ESCANCARADO!

.

E quando passei no escritório no próprio sábado, mas já de noitinha, do processo nada mais se sabia. O máximo que apurei é que teria sido enviado para uma vara de família, procedimento que considero imoral. Claro, pois quem não sabe que a nossa justiça, além de cega, é surda, muda e broxa, para dizer o mínimo? Portanto, o belo e volumoso processo passou o fim de semana numa vara inativa, sem ninguém que lhe desse a devida atenção carinhosa e ardente.

.

Ora, sabendo que o escritório conta com um funcionário exemplar como eu, não seria mais lógico – e justo – que o processo fosse entregue aos meus cuidados? Todos sabem que eu viraria a noite se fosse necessário (e sempre é ) analisá-lo minuciosamente. Eu não hesitaria em sacrificar também todo o meu santo domingo para reanalisá-lo, com zelo redobrado, em seus mínimos, médios e máximos detalhes!

.

Enfim, agora é tarde. O que me resta é continuar trabalhando com o afinco habitual e esperar que da próxima vez seja diferente. Porque – acreditem se puderem – é a 16ª ou 17 ª vez que um processo dessa grandiosidade surge no escritório sem que eu esteja presente. Sei não... ou sou o trabalhador mais azarado do mundo ou... tem traíra gorda no pedaço!

.

Mais páginas do sigiloso e escultural processo

(clique nas fotos para ampliá-las)





Para folhear melhor todo o processo, veja o vídeo aqui.!!!


¬¢¬ . . . . . . . ¬¢¬ . . . . . . . ¬¢¬

.

O FRAMENGO precisa de você!!!

Não deixe de participar da nossa enquete (à esquerda), que visa à garantir ao time mais querido de Bangu I, II, III etc..uma sobrevida .nem que seja na segunda, na terceira ou (se o Senhor Jesus do técnico Silas ajudar) lá pela trigésima-sétima divisão do futebol brasileiro!!!.


55 comentários:

São disse...

Nas Rambles barcelonesas foi-me dado ver o espectáculo de dois homens já não muito jovens, passeando nus e de rosto a descoberto...

Boa semana.

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

WAW! Quisera o escritório tivesse atividades assim... rs... :)

Endim Mawess disse...

talvez eu não tenha pegado o espirito do texto e do processo por causa da forte gripe que estou ou não

Blog Sozinha ou Acompanhada disse...

Talvez vc precise ficar mais atenta! beijocas,
mari.

Luah disse...

muito bom aqui
te seguindo tbm ...
abrazzzz :)

lidia disse...

pues bello lo que dices y bellas tomas!
HERMOSO blog
un abrazo
lidia-la escriba

David disse...

Realmente você anda assoberbado de trabalho no seu escritório Tuca. Se quiser terceirizar, eu posso dar uma mãozinha.

Raíssa Momesso [SCCP] disse...

Eu ja conhecia esse poema e sempre fui super fã dele! Obrigada por me informar de quem é, rsrs =)Eu ja conhecia esse poema e sempre fui super fã dele! Obrigada por me informar de quem é, rsrs =)

Ira Buscacio disse...

Tuca,

Sou totalmente leiga no assunto. Esse é o tipo de processo que prefiro nem chegar perto. Deixo para os amigos experientes no assunto.
Agora, vamos combinar que, vc anda relapso. Esse já é o segundo processo que vc perde. Eu acho que aquele seu colega de trabalho ali, de azul, bem que gostou da sua ausência. Ta batendo palmas até agora.

Bjs

Tuca Zamagna disse...

Esse tipo de serviço, São, não aparece no meu escritório. Se por acaso aparecer, o repassaremos de bom grado para as Rambles barcelonesas.
Boa semana pra você também

Não somos gananciosos, Francisco. Podemos repassar ao seu escritório alguns processos que estão encalhados. São muito, muito mais volumosos que este, e bem antigos, cheios de pendências. Interessa?
Abraço

Com gripe ou não, Endim, pegar o espírito do processo é secundário. O que de fato importa é ater-se e dedicar-se às evidências do corpo processual.
Abraço

Mais atentA, Mari, eu não poderia ficar nem que me submetesse a uma cirurgia de troca de sexo. Porque isso me transformaria num sapatão.
Beijocas

Graça Pereira disse...

Realmente é esquisito...no mínimo, estranho!! está atenta!
Beijocas
Graça

Tuca Zamagna disse...

Valeu, Luah!
Beijos pra você e cafunés na gataria.

Gracias, Lidia.
Un abrazo

Sai pra lá com essa mãozinha boba, David!
Abração

Comentário com eco, Raíssa???
Gostei, acho que vou incorporar este recurso...rsrs
Sobre a Lou Salomé, autora do poema: se der, se informe mais sobre ela. Ela é rara, única!
Beijos

Deco disse...

Quando é que você vai me convidar pra conhecer o seu escritório, Tuca?

Regina Conde disse...

Queria saber o seguinte, Tuca. Você e seus colegas de escritório também trabalham uniformizados assim?

Beijos

Aloisio Trobinski disse...

Como é dificil a vida de um trabalhador hein Tuca! Você não pensar em se aposentar, largar essa dureza toda e ir criar galinhas (no bom sentido)?

Abraço

Aloisio Trobinski disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Tuca Zamagna disse...

Esse "meu colega de azul", Ira, é um pré-histórico freqüentador da área. Quando eu instalei o meu escritório na área, há quase 20 anos, ele por ali já estava. E aplaudindo tudo, até assalto e atropelamento!

Esquisito? Estranho?
Nos escritórios portugueses, Graça, não se tem trabalhos desse porte?
Beijocas

Tá feito o convite, Deco. No meu escritório há trabalho para todos.
Abraço

Não, Regina, não usamos esse uniforme, não. Mas se tivermos algumas colegas de trabalho dispostas a nos aplaudir...
Beijos

Não penso em me aposentar, não, Aloisio. O ócio não me atrai, nem a vida no campo. Não levo o menor jeito para criar galinhas... ou para plantar piranhas.
Abraço

Patrícia Gonçalves disse...

Cara, gostaria de estar lá só pra ver a cara de todos!

Mas, moço me conta, que negócio é esse, já sei!!! Especulação imobiliária!!!! Querem elevar o preço do metro quadrado na praça!

Me conta, só aparece mulher, não tem um homenzinho pelado, também, não? Homenzinho não, Homenzão!

Agora, voltando a falar de trabalho, definitivamente você é azarado!!! Tinhas uns processos pra te dar, mas vou passar...

beijão!!!

Luna Sanchez disse...

Passando para agradecer a visita e o belo comentário lá no blog : obrigada por compartilhar, adorei a cena!

Um beijo.

ℓυηα

Tuca Zamagna disse...

Especulação imobiliária, Patrícia? Que nada, o metro quadrado ali na área já anda altíssimo. E era baratíssimo no anos 90, quando morei ali, no predinho cujas grades (avermelhadas) aparecem ao fundo, bem atrás do PROCESSO.
Homem pelado, de vez em quando aparecm um. Mas some rápido, que por lá tem também muita mulher vestida mas faminta.
Não faça isso não, amiguinha! Manda os processos pra mim. Eu analiso devagar mas cobro baratinho...
Beijão!

Eu é que agradeço, Luna. Foi muito bom passear e comentar no seu blog.
Beijo

Lupe disse...

Tuca, já vimos o seu escritório duas vezes aqui, mas sempre meio encoberto por alguma mocréia exibida. Chega né? Ou você mostra o escritório todo, sem esses obstáculos desnecessários, ou mostra um obstáculo pelado mais original e interessante. O Brad Pitt, por exemplo...

Beijo!

Fouad Talal disse...

bem vindo a nossa casa tuca, nem precisa tirar as sandálias!

ó... em bh é difícil de topar com música caipira de qualidade! vez ou outra acontecem alguns shows, no interior a resistência é maior.

depois dá um chego na Tertúlia Pão de Queijo. tem uns mineiros bons se encontrando por lá!

forte abraço!
ft

' Giii * disse...

Hahahahaha, eu não aguentooooooooo esse escritório.

Tuca, depois me fala desse projeto do Guimarães, que eu to dentrooooo.

Beijooooooo

Rómulo Vela Cervantes disse...

Interessante blog Tuca!!!

Sil.. disse...

hahahahaha, não guento esse escritório (Afemaria).

Tuca, acho que to surtando. Pensei que tivesse postado um comentário aqui pelo blog da minha filha (nem vi que ela estava com o dela aberto), ai pensei: O Tuca vai estranhar isso hehehehe, mas que bom que pude consertar.

Qto ao projeto do Guimarães, me conte que tô em cócegas.
Amooooo!!

Um abração!

J Araújo disse...

Tuca, parabéns pelo blog. Muito interessante, hilário até. Valeu a pena passar por aqui. Gostei do post. Serei também seguidor desse espaço, o que faltou foi seu comentário.

Abraço, vê se apareça

Tuca Zamagna disse...

Lupe, querida, a rapaziada do escritório e da praça é muito tranqüila e carinhosa. Por isso as moças se sentem à vontade para ficar... à vontade!
Já o que você e outras leitoras reivindicam é inviável. Se o pobre do Brad Pitt ousar passar por ali - pelado ou não - vai virar picadinho em segundos. Você não imagina a voracidade da mulherada carente lá da praça!
Beijo!

Beleza, Fouad. Eu não gosto de tirar minhas sandálias nem pra dormir. É que sou de uma humildade franciscana...
Já, já entro nessa Tertúlia!
Abraço

Agüentaaaaaaaa, sim, Gih. É só chegar lá e dizer que é minha amiga, que aí o pessoal libera pra você desfilar super vestida: chapéu, sandália e biquineeeeeee..
Pode deixar que eu te avisooooo.
Beijoooooooooooo

Tuca Zamagna disse...

Obrigado, Rómulo.
Abraço

Até você, Sil??? Não agüento mais gente surtando! E do jeito que a coisa vai, se você "incorporasse" a sua filha eu não acharia nada de mais. Já apareceu gente aqui falando pelo blog do cachorro, do gato e até do curió!!!
O projeto sobre o Dr. Rosa por enquanto é secreto. Nos falamos por e-mail.
Beijo

Valeu, J Araújo. Pode deixar que comentários não faltarão. E não duvido nada que daqui a um tempinho você estará pedindo que eu comente menos...
Abraço

Thiago Thi disse...

Muita meia... nudez sem joelho, tornozelo e batata não é nudez!!!

Um abraço

Aline Chaves disse...

O que o seu escritório tem de tão especial que a mulherada vive desfilando nua por lá?

Beijos!

Valéria Sorohan disse...

Não duvido que você não hesitaria em sacrificar o seu santo domingo para reanalisar tal processo. Mas vendo daqui, ele parece estar um pouco flácido.

BeijooO'

Tuca Zamagna disse...

Concordo, Thiago, em gênero (tornozelo), número (joelho) e GRAU - batata... sou louco por batatas bem torneadas e devidamente expostas!
Abraço

EUZÃO, Aline! rsrs
Beijos

Flácido, Valéria? Só vejo uma barriguinha dentro dos limites da Lei e alguma celulite nos culotes, o que não só não é ilegal como deveria ser obrigatório. O homem que não ama celulite só pensa no agora, desprezando o amanhã do amor durável. Os detratores da celulite só deveriam amar estátuas!
BeijooO*

Jaime Guimarães disse...

Tuca, em primeiro lugar muito obrigado pela sua visita ao meu tosco e (quase) desprezível blog e mais ainda pelo comentário! Dei muita risada com a história de Leopoldina (MG) e Leopoldina (mijona)! Mas consegui me conter pra não mijar de rir.

Puxa vida, mas meu trabalho anda tão rotineiro, tão monótono, tão chato...e nem para aparecer um serviço desses aí. Aí não tinha preguiça e nem má vontade!

Ainda vou assistir ao vídeo do processo inteiro, mas só o gordinho careca ali que bateu palmas, foi? Eu me levantaria e prestaria continência. Ei, é uma ideia que surgiu agora: cadê os sindicatos que não pensam nisso, no BEM-ESTAR dos trabalhadores? E esses candidatos, então? Sejam mais criativos!

Um abraço! Já vou seguir o blog, gostei!

PS: Semana da Pátria, no meu tempo de escola, começava dia 01 e terminava na véspera do feriado. Era um tal de verde-amarelo na escola inteira, fitinha, bandeira, hino...hoje, tanto faz, tanto faz...

snoopy em p/b disse...

caro tuca,
rapaz, como eu ainda não conhecia este blog, hein?
que maravilha ler seus textos!
seguirei para acompanhá-lo e adicionarei nos favoritos do snoopy em preto e branco.

um abraço e sds. botafoguenses!!!

Frederica disse...

Gostei muito da aparência, do astral do seu escritório. Pena que tem esse tipo de serviço que não me atrai nem um pouco... rsrsrs
Bjos

Tuca Zamagna disse...

Porra, Jaime, vê se não esculhamba o seu blog, senão não entro mais lá. Sou muito influenciável por propaganda negativa.
O gordinho careca vive de porre. Bate palma até pra mocréia enfartando. Os outros já não se empolgam, isso lá já virou rotina. Não viu a outra que postei há pouco mais de um mês? Vale à pena.
Abração
P.S.: Tenho outras histórias mais riso-mijantes que aquela. No próximo comentário em seu blog, deixarei mais uma... junto com um fraldão.

Grande Snoopy!
Muito bom recebê-lo aqui, ainda mais com esse elogio de fazer disparar a minha estrela solitária cardíaca!
Uau, melhor que ver o DS entre os favoritos do seu blog só mesmo ver o Lúcio Flãvio no fruminense e o Fahel no curíntia!!!
Abração botafoguense!

Apareça por lá, Freda! Não se preocupe, eu não me incomdo de fazer esse tipo de serviço por mim e por você.
Beijos

J Araújo disse...

Meu amigo Tuca, pois é assim que vou chama-lo como se já conhecéssimos de longa data. Vc como bom mineiro que diz ser, como eu, saiba que é um prazer ter seus comentários.

Como vc mesmo citou Minas como o Brasil existe várias; cada uma com suas peculiaridades e, isso que é o charme do estado.

Ainda como vc disse que gosta de falar gostaria que conhecesse meu outro blog www.kidureza.blogspot.com

Abraço amigo

Mandy disse...

Que escritório hein...rs

^^

Amore sobre seu comentário lá no Sook - liga não, comigo eu sempre fico em cima do muro, sempre no meio...rs E quanto ao amar intensamente e depois de perder entrar no luto, eu também sou assim. Intensa...

Tem post novo lá no Sook.
Xoxo

Tuca Zamagna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tuca Zamagna disse...

E nos conhecemos de longa data, de fato, Araújo. Quantas horas, dias, semanas já não passamos juntos subindo e descendo morro, por picadas sinuosas, picando a tropa de mulas carregadas de cangalhas cheias de milho, feijão, mandioca... até chegar ao mercado de alguma cidade perdida nos cafundós? Quantos meses, anos, décadas já não descemos e subimos, juntos, rios, riachos e córregos, a batéia nas mãos incansáveis, os olhos atentos no faiscar quase microscópico do ouro que viaja nas águas em busca de pouso nos aluviões? Quantos séculos, milênios, eras já não voamos pelos quintais sem fim das Geraes, e sempre juntos, asas do mesmo vento que esculpe desde sempre e até sempre a topografia, a fauna, a flora e os costumes e sentimentos das gentes das incontáveis nações de Minas?
Abraço, compadre!


Meu escritório é bom mesmo, Mandy. Só dá despesa, o trabalho é esse peso todo que você acabou de ver, mas a vida flui faceira e intensa.
No Sook eu não comentei nada não - ainda não, me aguarde! Deve ser coisa da Anga, imagino, porque a Elza e o Teopha são daquele tipo que só vive o luto amoroso quando ele próprio morre! rsrsrs
Xoxo!

Maria Madalena Schuck disse...

Muito grata por sua visita a meu blog,uma honra para mim, eis aqui o link do poema que gostarias.
http://spleenbored-minhaspoesiasfavoritas.blogspot.com/search/label/Consuelo%20Tom%C3%A1s

Um grande abraço a você.

ROSANA VENTURA disse...

kkk!
É uniforme de trabalho???
Muito teu Blog!
Virei sempre.
bjosssss

Tuca Zamagna disse...

Obrigado, digo eu, Maria Madalena. Não só por sua atenção, mas também pelo excelente serviço que presta em seu blog, divulgando ótimos textos de autores pouco conhecidos, como esse da Consuelo.
Grande abraço

Mais ou menos, Rosana. O uniforme completo é o que veste a funcionária que aparece no post anterior sobre o escritório. Confira em
http://tucazamagna.blogspot.com/2010/08/office-sweet-office.html
Beijos

Luisa Queiroz disse...

Ninguém reclamou dessa moça desfilar de meião, mais parecendo uma nudista iraniana?
Bjs

Lalah Portela disse...

Tutuca... seu blog sempre com humor único! Nossa que situação, que escritório.. e no final sempre me acabo de rir.
Ah! adorei a proposta de enviar algumas fotos pra você. Tenho um cantinho especial onde encontro as imagens, não sei se faz o seu estilo mas lá existem diversas categorias : deviantART.com.br
Vou escolher aqui as melhores e enviarei. beeijosss :)

Tuca Zamagna disse...

Fazer você rir, Lalah, eis o nosso grande objetivo na vida!
Missãozinha boa, porque você tá sempre rindo,né?
Que bom que gostou da idéia. Vamos à luta.

Beijos

VAP disse...

Mas é muito engraçado o seu Blog!
Bem carioca!
Amei!
Tou certa que vai deixar de ser pé frio!
Na próxima vai ter direito a consultar o processo! Rsrsr

Gena disse...

na hora que entrei aqui eu pensei que p blog fosse meio porno por causa da foto! rsrsrs
mas o que tá escrito é muito engraçado.
ri muito!
deve ser muido duro trabalhar neste escritório.
beeijos

Marcel Zaner disse...

Vai ter novo serão neste sábado? Se tiver, me avise!

Abração

Jenny Paulla disse...

Tuca...Ai ai ai ai ai
Elas sempre voltam ao seu escritório!E cada vez com menos roupa!omg:x
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Haja despachante pra esse tanto de processo ilícito!Ouça bem:ilícito!
E eu apoio quem disse pra botarem um processo masculino.Fala sério!Que coisa mais machista que é essa?É falta de um bom método educacional(direto na bunda): vara de roseira,bemmm afiada!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
=D

Tuca Zamagna disse...

Obrigado, VAC!
Somos quatro mineiros esmeradamente acariocados.
Ser pé-frio tem suas vantagens. Dias desses, por exemplo, recebi uma proposta milionária para torcer pelos adversários do Flamengo, que como você deve estar sabendo está prestando vestibular para a Segunda Divisão - e com ótimas chances de passar! Mas não topei, porque implicava em torcer também para o Botafogo, e eu não sou besta de torcer pelo meu time.
Bjs

É tão picante assim a foto, Gena?
Obrigado por ter rido muito, não é sempre que a gente consegue isso.
Beijo

Não sei, Marcel. Mas se tiver, como sempre eu serei o último a saber.
Abraço

Não somos nós que decidimos quem tira a roupa no escritório, Jenny. É uma opção pessoal. Se algum homem resolver tirar, nada contra. Só não publicaremos as fotos aqui. Opção pessoal, também.
Se acontecer, prometo enviar as fotos pra você postar na Calandra.
Aliás, lembrei agora: quem ficou de desfilar por lá no sábado que vem foi o Maradona. Lhe mandarei as fotos.
Beijos

Sr do Vale disse...

figuraça.

Tuca Zamagna disse...

Sim, Sr do Vale! Figuraça - e das mais carimbáveis"!!!

reltih disse...

fulll post. me encanto la textura artística del cuerpo de mujer.

Tuca Zamagna disse...

Mais do que a textura, Reltih, é muito artística a testura e a peitura, não acha?
Abraço