sábado, 28 de setembro de 2013

Poema inédito de Lispector?

.

Eu, uma brasileira
Clarice Lispector   .  .  .  .  .  .  .  . . .  . .  .  .  .  . 
Uma russa de 21 anos de idade
E que está no Brasil há 21 anos
Menos alguns meses.
Que não conhece
Uma só palavra de russo
Mas que pensa, fala, escreve
E age em português,
Fazendo disso sua profissão
E nisso pousando todos
Os projetos do seu futuro,
Próximo ou longínquo.
Que não tem pai nem mãe –
O primeiro, assim como as irmãs
Da signatária, brasileiro naturalizado..
E que por isso não se sente
De modo algum presa ao país
De onde veio,
Nem sequer por ouvir relatos sobre ele.
Que deseja casar-se com brasileiro
E ter filhos brasileiros.
Que, se fosse obrigada a voltar
À Rússia, lá se sentiria
Irremediavelmente estrangeira,
Sem amigos, sem profissão,
Sem esperança.

(Trecho, “poemado”, de carta da escritora ao Presidente Getúlio Vargas, datada de 3 de janeiro de 1942)
.
Fac simile da carta de Clarice Lispector

Importante: Embora existam dezenas de “poemas de Clarice Lispector” circulando pela internet, a escritora jamais publicou qualquer texto em versos. Tais poemas são, como este aqui, textos em prosa quebrados em versos por gente irresponsável como eu... ou, pior, poemas de outros autores a ela atribuídos.

35 comentários:

Betha Mendonça disse...

Muito bacana!Um documento-poema ou autobiografia-poema.Pobre Clarice!Não imaginas a quantidade de escritos absurdos que eu já li na web a ela atribuídos.Em geral "poemas".Gostei do blog!

Pólen Radioativo disse...

Tuas irresponsabilidades são todas maravilhosas, Tuca. Faço parte da legião de amantes de Clarice e amei conhecer esta carta. O Benjamin Moser, que escreveu a biografia "Clarice," estará aqui em São Luís na segunda (30/09) para uma palestra na Feira do Livro. Coincidentemente é meu niver. Estou super feliz com esses dois presentes! Um beijo e um cheiro.

Aloisio Trobinski disse...

Esse poema, pelo menos, a gente sabe que é inventado a partir de um texto da própria Clarisse. Interessantíssima a carta, Tuca. Deve ter sido um período muito difícil para ela, nem tanto por ser russa mas pela descendência judaica.

Abração

Idolidia Glez disse...

Hola amiga...Tienes un blog super interesante ...Hace un tiempo me quede por aca...Me encantaria que me siguieras en este, mi nuevo blog...! Un abrazo!!! :)

http://Idolidiaglez.blogspot.com

Anga Mazle disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antonio Alves disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Antonio Alves disse...

kkkkkkkkkkkk

tá cheio de clariçófilo doidão na net e você ainda põe mais lenha na fogueira!

abraço

☆•.¸.Mildred.¸.•☆ disse...

Gostei muito da leitura!
Pouco importa que seja em prosa ou em versos!
Obrigada pela partlha. E obrigada também pela visita e palavras no meu jardim virtual;o)

Um abraço desde a França e bom domingo.

RODISI disse...

Hola, veo que tienes entradas muy interesantes, me gusta el blog, va un cordial saludo, Rodisi

Márcia Luz disse...

Falou tudo, Tuca!

É uma pena que a maioria não reflita sobre isso e saia reproduzindo/compartilhando como se estivesse fazendo uma boa ação!

Um abraço.

Mi Mundo de Color disse...

Hola, muchas gracias por quedarte "Bienvenida a Mi Mundo" seguimos en contacto.

Feliz semana

Tania regina Contreiras disse...


Boa forma de lembrar o que andam fazendo com a coitada da Clarice. Você pode tudo. Porque encontra sempre uma maneira inteligente de dizer as coisas.

beijos, Tuquinha!

juani espejo jurado disse...

Que grande y agradable es ver tu blog, cada día me gusta entrar más
Un gran saludo de un fiel seguidor desde Doña Mecia CORDOBA

Eliane Cerri disse...

Amei Tuca. Clarice escrevia tão bem que uma simples carta reescrita em versos parece mesmo um poema. Bjs

Aline Chaves disse...

Dá-lhe, Tuca Lispector! rsrs
Beijos

Paulo Clown disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Paulo Clown disse...

Clarice é genial até em cartas formais!

Paulo Clown disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Marylin LaGata disse...

Gracias por tu visita. Happy monday

Vieira Calado disse...

Pelo que sei, não nasceu brasileira.
Mas, uma vez que desembarcou no Brasil... ficou brasileira!
Com tantos outros que se apaixonam pelo belo país!

Beijinho para si!

marlene edir severino disse...

Pois é, Tuca...
Sempre que via algum poema publicado atribuído a Clarice, ficava a procurar enlouquecida, me achando estúpida de não ter nenhum livro de poemas dela...rs

Bom te ler!
Beijo!

MariC disse...

Eu também acreditava que Clarice escrevia poemas. Obrigada pelo esclarecimento, feito com muita criatividade e bom humor.

Beijos

Etienne. disse...

Tenho essa carta dela em um livro que ganhei, e também sempre me soou como poesia... Clarice faz isso com nós!

Um beijo,

Leila Silveira disse...

que linda descoberta. te sigo. bjo doce

Misterio disse...

Interesantes poemas, aunque no lo entiendo todo...

Un beso.

Carolina disse...

Ola!
super interessante e sofisticado seu blog, adorei *:)
Abraco grande.

RAFAEL disse...

Sensacional esse documento de Clarice. Eu que curto essas antiguidades adorei.

muito obrigado por sua visita no blog...volte sempre..

abração.

EldanY dalmaden disse...

Hola, está bien el poema y como pones, fue novedad de no escribirlo en prosa, pues mejor que mejor.

Un saludo.

Christa Mavropoulou disse...

Post muito interessante!
Eu amo as mulheres do passado que deixaram uma boa história.
Bom dia a partir da Grécia
Christa:)

José Carlos Sant Anna disse...

Convenhamos tua "irresponsabilidade" é sedutora e responsável!
Abração,

LE CHEMIN DES GRANDS JARDINS disse...

Ce très beau poème mais bien en avant le problème de l'intégration et les situations totalement folles vécues par les personnes vivant ces situations souvent dramatiques. Un peu plus d'humaniné dans les lois adoucirait leurs situations.

Roger

nelma ladeira disse...

Olá muito legal este documento de clarice.
Adorei beijinhos.

CLAUDIA PERSI disse...

Muito obrigada pela visita ao meu blog. Gostei muito do seu cantinho, ja sigo.:)
Beijinho de Toronto
http://claudiapersi.blogspot.ca/2013/10/sneak-peek-at-my-new-jewlery-collection.html

Maria Luisa Adães disse...

Parabéns Clarisse Lispector

Adorei encontrar-te!

Maria Luísa Adães (os7degraus)Poesia

AUDENI OU Dona Mocinha disse...

Olá Anga, tudo bom?

Vim agradecer sua visita no DONA MOCINHA DO BRASIL, muito obrigada e espero que volte sempre.


Um abraço e ótimo final de semana prolongado


Audeni