quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Pela rua dourada



Anga Mazle   .    .    .  

Venho voltando da casa de minha madrinha que acaba de falecer.
Voltando da casa de minha madrinha pela rua dourada de casas antigas,
trajeto que sempre  fiz esses anos todos, mesmo depois que, aos 12 anos,
deixei de morar com ela.
Da casa de minha madrinha só me resta um tesouro: os olhos daquele garoto
que morava numa das casas douradas desta rua. De minha madrinha, agora
só me lembro da doçura com que me disse “é um bom menino, estudioso,
de família honesta e trabalhadora, mas ainda é muito cedo para vocês, não é
não, querida?” Cedo era, mas nem por isso apagou-se a lembrança do coração
disparando todas as incontáveis vezes em que, indo ou vindo por esta rua,
meus olhos tropeçaram nos dele, fixos em mim, iluminando-lhe o rosto
emoldurado pela  janela de sua casa dourada. É tarde para lembrar, mas não
esqueço nem a tola cumplicidade da nossa timidez, seus olhos a escorrerem
juntos com os meus até o chão da rua, bem ali adiante, onde ainda está a casa
dourada em que ele morava. Ao passar em frente a ela, sou fisgada pelos 
mesmos olhos que me seguiram esses anos todos. O meu coração dispara 
enquanto, pela primeira vez, nossos olhos se mantêm interligados, sem 
escorrerem até o chão da rua. Mas os dele não me reconhecem, e os meus 
também não reconhecem o dono deles. Pouco importa. Venho voltando da 
casa de minha madrinha pela rua dourada de casas antigas, tão dourada 
como no tempo em que a vida morava aqui.
.
          Fonte da imagem: daijoji.blogspot.com

23 comentários:

Frederica disse...

Que delícia Anga!

Beijos

nelma ladeira disse...

Ame a vida e os bons amigos, pois a vida é curta e os bons amigos são poucos.
Te desejo um ótimo fim de semana beijinhos.

Alena Bliss disse...

Hi! I'll surely follow you! I'll be glad if you follow me too )

http://alenabliss.blogspot.ru/

Carlos Alberto Arellano disse...

Oi, eu concordo com Frederica. Muito bom texto. (Bom trabalho).
Nota: Eu estou entre os "membros" deste blog (eu entrei há vários anos).
Saudações.

Andressa Falconi disse...

Lindo, tocante demais!

Deco disse...

Arrasou, Anga. Prosa poética de primeiríssima.

Beijos

Deco disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Regina Lemos disse...

As memórias de ouro... são as joias que ficam, não?

Beijos

Gigi.T disse...

Lovely blog and nice post!

Do you want to follow each other? :)
fantasyfashioned.blogspot.de

xoxo ♥

Anga Mazle disse...

Obrigada a todos vocês pelos comentários generosos.

Joias dessas, todos as temos, né, Regina? Embora alguns nem saibam disso, por tê-las perdido em algum canto sombrio da alma...

Beijos

Americo Gentil disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Americo Gentil disse...

Bela imagem, à altura do texto!

Abraço

Clau disse...

Oi Anga :)
Que lindo esse caminhar pela rua dourada,as lembranças sempre permanecem...
Bjs!

Janice Adja disse...

Uma triste lembrança, parece verdadeiras.
Beijos!!

Um Toque de Afeto disse...

Olá Anga..

Gostei demais do teu trabalho por aqui, uma delícia ler os textos, muito boa a construção, Parabéns!

Obrigada por tua presença no blog, e seja bem vinda, volte sempre que quiseres, é uma alegria te ter por lá!

Bjs no coração,
Lecy'ns

Анна Епринцева disse...

Nice! Would you like to follow each other? Let me know! ❤

Manuel María Torres Rojas disse...

Mañana cumplo años.
Miro en torno y
hallo que todo
es lo mismo y
no es lo mismo.
Mi barba está blanca...
Y todo es lo mismo y
...no lo es.

Ina Mel disse...

Que lindo!
Adoro essa nostalgia!
Admiro as pessoas que têm habilidade
para registrar suas lembranças.
Beijos.

Sandra Fonseca disse...

Lindíssimo seu texto. Bom demais descobrir seu blog.
Bj.

Junior Menezes disse...

Excelente texto!!! O que não faltam são autores talentosos pelo Brasil a fora, pena que as editoras estão com os olhos vendados quanto a isso!!!

Clara Belisario disse...

Que beleza, Anga! Prosa poética da melhor qualidade.

Beijo

Anga Mazle disse...

Obrigada, Américo, Clau, Janice, Leci, Ahha, Manuel, Ina, Sandra, Junior e Clara!

Beijos

meri viero disse...

Olá, Anga, adorei conhecer seu blog, já estou seguindo, lindos textos, de muito bom gosto, adorei, bjos e bom dia.