quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Revelações fotográficas

.

Das nuances de cor que se eclipsam na cama


Eu olhei a foto. Bem distraidamente, como um carnívoro radical que olhasse alfaces, couves e espinafres na feira. E saí, em desatino, a escrever:

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Sei que sou é quando amanhecem

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Sobre as ondas de nossos lençóis

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Tuas dunas acossadas pelos ventos

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Desses meus olhos de lamber a correnteza

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . De um rio de lava que nos leva

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Ao infinito oceano concebido

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Na paz do desejo satisfeito.

Ah, quer saber, leitor? Esta foto tão suave e estes versos tão melífluos, somados, deram uma bela de uma porcaria. Eu bem que aprecio os meios-tons, mas não no sexo. Quero é muito contraste, muita combustão na cama! E nenhum risco de consumir meus dias a amar lençóis e cobrir-me com a mulher da vez.


Para não dizer que não falei de flores.

Meu coração – sim, eu tenho um coração! – é imenso, embora os poucos que já o viram tenham precisado recorrer a um microscópio. A grandeza cardíaca, porém, não está no que se pode ver, mas no que se pode sentir. Daí que o tamanho de um coração varia em função da percepção do coração alheio. O meu, confesso, vive atropelando o dos outros. Porque é cego, o desgraçado. E analfabeto incurável: só admite estudar braile em corpos femininos, e estes, como se sabe, são cheios de B, P, V, X – e, não raro, KY –, mas muitas consoantes e todas as vogais sempre se perdem no redemoinho de gemidos e suspiros. Esse perfil desfavorável do cegueta que habita o meu peito é que o faz sair por aí, desvairado, a colher meigos ramos de flores que, na maioria das vezes, não passam de impiedosos cactos.

Teophanio Lambroso. . . ..

33 comentários:

Guaraciaba Perides disse...

O cacto é áspero e cheio de espinhos, mas floresce! Cordiais saudações.

Renata (impermeável a) disse...

revelaçao,


nao sei se para todas as mulheres, mas, pessoalmente, é delicioso sentir o homem te olhando jogada nua na cama, como se olhasse a uma fotografia

como se nao soubesse quem está admirando...

Bípede Falante disse...

TL, mas que cobertor o senhor tem, hein? :)
bjs.

Bípede Falante disse...

TL, você e a Scarlett O'hara! :)
bjs

Daniella Caruso Gandra disse...

Postagens atraentes e um título pra lá de sugestionável, curti muito seu blog. Voltarei, e obrigada por ter curtido o meu tbem!! beijinhos.

Tita Nasc disse...

Saudades, Teopha, seu grande sacana!

Você deixa aflorar o seu lado lírico pra me encantar e depois pisa em cima pra me matar de rir.


Beeeeeijo

Victor Cruz disse...

Hola muchas gracias por seguir mi blog, seguiré el tuyo es muy bueno.
Un saludo.

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

a foto que alguém nos deu, provaca, meu caro em nós homens um instante no qual somso mais pretadores que gente a olhar uma arte tão humanamente gostosa

disancor disse...

Feliz fin de semana.
Un saludo cordial.

disancor disse...

Feliz fin de semana.
Un saludo cordial.

Tatuagem disse...

Lindo poema!

Beijos!

Americo Gentil disse...

Feliz do seu coração cego, Teopha, que "corre o risco" de escorregar no KY e virar órgão sexual!

Abraço

Americo Gentil disse...

Feliz do seu coração cego, Teopha, que "corre o risco" de escorregar no KY e virar órgão sexual!

Abraço

Regina Conde disse...

Que a combustão nunca termine, Teopha!
Em todo caso, por via das dúvidas vor orar pra que você nunca precise amar um lençol...

Beijos

betina moraes disse...

pois que eu vi a combustão!

erotismo e beleza, raridade.

belo verso! belo verso!

abraços.

Zaratustra disse...

mto bom

Márcia Luz disse...

Tita Nasc falou exatamente o que pensei.

Os homens sabem seduzir maliciosamente muito mais que as mulheres!

your love is my name disse...

claro querida, os concelhos ajuda muito para escolher mos a opcçao que nos ou os outros pensamos que esta certa (: *

Iram M. disse...

E como escreve bem, gostoso, beirando uma provocação.

Curti muito.

Beijos

Itam

Valéria Sorohan disse...

Poemão tesudo esse das nuances.

BeijooO*

Nel disse...

The blog is very good!
Congratulations!
http://nelsonsouzza.blogspot.com
Saludos!

Nair Morbeck Sobrinha disse...

Seu blog é um êxtase..amei muitíssimo.parabéns!Será uma alegria a sua visita ao meu e uma honra também, apesar de serem bem diferentes um do outro(blog)..

http://nairmorbeck.blogspot.com/

Shalom

Deco disse...

Teopha, você não existe!
Que os castus lhe sejam suaves e piedosos!
Abração

Lupe disse...

Adoro o seu humor, querido. Mas devo confessar que gostei muito também da "bela porcaria".

Beijooo

AFRICA EM POESIA disse...

Um beijo e Poesia...


ALMA



Ter alma é ter vidas
Ter alma é sentir vida
Sentir Amor
Sentir o bater do coração


E ao sentir...
A vida...
O amor...
E o bater do coração...


Temos a certeza
Que a vida existe
E a alma está viva
Alma que não vê
Mas que sentimos...


E sabemos que realmente
Ao ter alma
Temos mesmo vida
E devemos arriscar
Para sermos felizes...


LILI LARANjo

weekend et coup de brosse disse...

Bienvenue sur weekend et coup de brosse, mon traducteur ne fonctionne pas mais je reviendrai voir ton blog à bientôt! cath.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Pois é...a imaginaçao de cada um
leva...ao que levar!!!
Beijinhos
Irene

stella disse...

Ha sido todo un placer pasar por tu blog de poesía, seria más fácil para mi si tuvieras traductor, de todas formas consigo entender aunque fallen algunas cosas
Te felicito y seguiré visitandote
Un abrazo
Stella

Milene Souto disse...

0lá Anga... ainda sou nova nisso de blog e agora acabou de acontecer algo muito estranho com o meu... todas os blogs que eu estava seguindo desapareceram! Mas vejo agora que pelo menos vc eu ainda estou seguindo... se puder me ajudar, fico grata.. vejo tb que vc gosta de poemas eróticos... vou postar mais um do gênero hj ou amanhã ainda lá... bjs.

ragi moana disse...

porque não os melífluos e os descarados?

conselho grátis de uma puta resoluta

;)

www.putasresolutas.blogspot.com

Lily disse...

Querido,

Adorei o teu comentário sobre a fotografia e o texto, você é impagável.

É que se precisa dos dois, dos ventos fortes e da calmaria, faz parte do contexto, é cenário que se exige.

E, me diga, conhece você alguém que seja só linda flor ou terrível espinho?


Beijos,

Suzana/LILY

Alessandra disse...

Oi,o seu blog é no mínimo interessante.
O que é aquela máquina fotográfica?!!
Abraço

Alessandra disse...

...esqueci de mencionar os cactus,que dão poucas flores,mas para mim é só para nos dar a chance de apreciar bem, cada uma!
Abraço.