sábado, 9 de outubro de 2010

TODAS as razões para votar no Moto-Serra!!!

.

Elza Magna. . . .

Algum dia, quem sabe, poder-se-á inferir que as novas risoletas acima referidas, plasmadas pela magia das tecnologias obsoletas, acenam – de forma emblemática – para uma maior flexibilização, não conflitando, sob este aspecto, com os postulados e exigências inseridos nos dutos da vizinhança. Outrossim, o ciclo recomeça quando Astrogildo engole os ovos e, do esôfago, esses ovos, já coloridos de alaranjado ou verde, vão diretamente para o almoxarifado, onde serão chocados até esvaírem-se em cláusulas contratuais pactuadas que migram para o Estreito de Gibraltar, rumo à musculatura das estrelas setentrionais. Cumprida toda essa etapa primitiva e alegórica, eclodem as principais transformações do compromisso com as espécies extintas, num futuro que será delicada mas impiedosamente despressurizado, a constituir importante processo homeostático inorgânico

Compartilho do conceito de que, para uma sobremesa focada – de forma emblemática – em falcatruas, o atestado de irresponsabilidade nutricional se dá tanto no plano da excelência no atendimento ao bucinador quanto na afirmação do ato sexual que antecede os momentos de loquacidade. E, enquanto executa a lei e seus descendentes, a substância indeterminada incidirá unilateralmente sobre as contrações de conveniência e oportunidade. Assim, desde ontem infere-se que as antigas risoletas não mencionadas a seguir, uma vez estabelecidas pelo departamento contíguo, jamais o serão, haja vista a abismal indiferença entre um e outro no grau de ansiedade vivido pelo ventríloquo situado na coxa esquerda do boneco falante. No delirante, não resta dúvida, a convicção numa possível doença não é perpetuada do mesmo modo alado que nos demais crustáceos.

Ejetar muitas partículas inconfessáveis com base nesse fundamento não significa nada para nós, se nós somos mais fulanos, beltranos e sicranos do que nós mesmos. Entretanto, quando implementada, cumpre precisamente a prova da onipotência e onisciência do enfoque primordial: o controle da maquiagem, perfumes e bijuterias aquartelados – de forma emblemática – na crença em uma religião inexistente, pautada exclusivamente no saber se o agressor seria de fato uma vítima indefesa ou tão-somente uma piabanha idosa.

Que outra característica define essas duas criaturas tão similares: a aposta num defeito como a convicção na emissão de odores desagradáveis pelos olhos, que se encontram infestados de germes ou parasitas bem-vindos? Comendo a restrição dos desafetos fundamentais, dando ensejo a uma transformação dos conteúdos específicos, nos quais os direitos e deveres de ninguém, enrugados e cascorentos, atendem aos reclames do embarcadiço à matroca. Este por sua vez, qual Midas a transubstanciar em carne contaminada os metais mais cristalinos, vem contribuir para revitalizar a penumbra com a força de sua singularidade de verme matriculado no sangue do homem, onde se forma – de forma emblemática – por auto-fermentação cruzada, graças ao esforço e competência dos protéticos que darão à luz o ovo ou a galinha, o que vier primeiro.

Inaugurado em maio de 2011, um dia após o tenebroso chilique causado pelo metabutano protídeo amilóide, também estimula a produção de fatores de crescimento substancial e aumenta a concentração e o número de receptores e doadores mútuos. Não por acaso, abriga também o próprio convento em spray onde se tornam larvas, assim que a perseguição intervém diretamente na vida daqueles que justificam a existência de diversas formas de alternar momentos felizes e surradas bicicletas, estabelecendo regras para as inovações positivas, uma melhor forma de aferição e controle de suas lamentações, em conformidade com metas que posteriormente serão, quem diria, indeterminadas – de forma emblemática.

E vai por aí a fora, devastando o que for possível e, sobretudo, impossível!

.

.

35 comentários:

Antonio Alves disse...

Concordo com todas as razões apresentadas, Elza, mas acrecento mais as seguintes:

















Bem, deve ter muitas outras mais, mas isso me basta...

Um abraço

Lupe disse...

Adorei, Elza!!!

Beeeijos

Lily disse...

Para votar nele, não preciso de uma razão sequer.

Abraços!

Elaine Berti. disse...

Elza, minha amiga, tô "nude" de novo, você é genial!! como você conseguiu lembrar de todas as razões para votar no Zé pedágio? Ops, desculpa, quis dizer o Zé Serrote, não! Qual é mesmo o nome dele? Vixê, já esqueci! Zé Fraude? Zé chirico? Zé Mané? Aí meu Deus, ele já usou tantos nomes que não me lembro mas qual o nome original do Zé, se ao menos ele mostrasse o diploma, aí quem sabe eu lembraria o nome inteiro do Zé Privatização, mas ele não mostra, não colabora mesmo esse Zé. Mas enfim, amiga achei muito democrático esse seu post, você colaborou com a campanha do Zé monstrando os motivos para a gente votar nele, isso que é imparcialidade , viu? Bonito isso, porque se você quisesse ferrar o Zé você postaria sobre razões para não votar nele, mas não , você não quis atrapalha-lo, tô achando que você é tucana, é? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Grande beijo Elza, eu vou de Dilma , mas desejo tudo isso que você postou aí pro Zé Piti! Sou assim, tenho coração bom! kkkkkkkkkkkkkkkkkk.
Ah, ia esquecendo, manda um beijo pro meu barbudão o Tuca. Faz um favor? Pergunta pro Tuca se ele gosta do Zé? kkkkkkkkkkkk.

Denise Albuquerque disse...

Me convenceu, Elza!
Só uma dúvida. Pra votar nele com toda essa razão, meu voto deve ser em branco? hehehe

Vida de uma ex Drogada disse...

Oi,
Sou alguém que conheceu o inferno das drogas, que fez alicerce e morada nesse lugar. Sofri todos os horrores, ou boa parte deles e hoje me encontro limpa, sem drogas, mas consciente que tenho uma doença, sem cura, progressiva e fatal. Não tenho um intuito específico escrevendo isso, não estou procurando criticas, conselhos ou julgamentos, sou conhecedora da causa que escrevo, não há teória. Sou apenas mais uma com vontade de colocar pra fora todos os bichos da minha história.

http://vidadeumaexd.blogspot.com/

Obrigada

Tuka Siqueira - Ktralhas disse...

rsrs

Aline Chaves disse...

Essas linhas acinzentadas que aparecem aí em vez do texto, pensei que fossem só para dimensionar o espaço em branco (ou em verde). Mas passando o cursor em cima notei que era mesmo um texto. Por curiosidade (sou curiosíssima) copiei, colei no Word e ampliei. É um texto mesmo! E faz sentido! Ou melhor, é completamente sem sentido, surreal!!!

kkkkkkkkkk Vocês são mais loucos do que eu imaginava, Elza!

Beijos

Reh.invente disse...

otimo

Elza Magna disse...

Concordo, Antonio. Esqueci de listar essas razões... Beijos

Valeu, querida Lupe! Beijos

Cada um, Suzana, tem suas razões para votar em alguém. Ou não tem, mas o valor do voto é o mesmo, né? Beijos


Obrigada, Elaine. Modéstia à parte, eu realmente fui muito eficiente na lembrança dessas razões. Darei o seu beijo no Tuca. E sim, ele gosta muito do Zé. Do Zé e da Zefa, seu casal de jabutis. Beijos

Elza Magna disse...

Em branco, em verde, em azul e amarelo... dá no mesmo, Denise. Mas votar em vermelho é coisa para gente analfabeta e sem pedigrée como eu, que sou pobre e como criancinhas em vez de caviar! Beijos

Esquenta muito, não, Vida. Toda vida é sem cura e fatal. Beijos

Tá rindo, Tuka? A coisa é muito séria... Beijos

Marcel Zaner disse...

Gostei do post vazio mas cheio de razão. E gostei mais ainda depois que li (graças à dica da Aline) esse texto miscroscópico muito doido que você botou aí, Elza!

Beijão

Celinha H disse...

Seu silêncio diz mais que todo o blablablá tucano, Elza!

Só não gostei de ver esse tucaninho lindo aí. Pra ser simpático como ele o Zé Pedágio ia ter que rebolar muito... e vestido de baiana! kkkkkk

Bjs

Colher de Chá disse...

Muito bom, muito bom!!! sua idéia foi fantástia!! Concordo plenamente com vc!!!
Beijos

otilia cristina disse...

não li mas pelo que vi nos posts vc é DILMA???ENTÃO SE FOR ISSO..SEM COMENTÁRIO...NÃO MERECE..KKKK FORA PT DILMA VEZ...KKKKKKKKKK

Mariano Prado disse...

vc ta do lado daquela terrorista cupinxa do analfabeto????? kkkkkk
tem o que encima desse seu pescoço sua idiota? kkkkkkk
côco ou cocô?????....kkkkkkkkkk

Regina Conde disse...

Muito bom, Elza! Tão bom, que já começa a atrair comentaristas da Tropa de Elite tucana!!!

Beijos

Maria Luisa Queiroz disse...

Uau! Tem mais razão aí que cabelo na cabeça do Serra!

Anônimo disse...

OK OK..ANTES DA TROPA DE ELITE TUCANO QUE DE UMA FACÇÃO CRIMINOSA QUALQUER E DAS MAIS BARATAS...DONA REGINA CONDE..KKKKBELO NOME...CONDE DE QUE?DAS BOLSAS??FAMILIA ETC??

Elza Magna disse...

Pxiiiiiuuuuu... Não entrega, Aline!
Deixa o pessoal descobrir. Isso é só um mecanismo para ampliar as possibilidades de bem desinformar.
Você subestima a nossa loucura! Beijo

Obrigada, Reh!
Ótima essa sua posição na foto. Morceguíssima! Beijo

Foi só a Aline curiosa entregar, pra aparecer logo outro curioso... Beijo, Marcel

Obrigada, Celinha.
O tucaninho Serrote é criação do Tuca. Vou sugerir a ele ou ao Teopha que provindencie pra você um Serra de baiana... Beijo

Obrigada pela colher de sopa bem cheia, Colher de Chá! Beijo

Elza Magna disse...

HORÁRIO E-LEITORAL GRATUÍTO (com acento no i)

Sou Dilma, não, Otília. Sou Elza. Sempre e cada vez mais, espero. E para isso, voto na Dilma, sim.
Parabéns pelo inspirado trocadilho. Vocês, tucanos, são muito criativos quando não estão no poder. Continuem assim!

Congregado leitor Mariano,
AULA ANALFABETIZANTE número 1:
Terrorista é quem pratica atos terroristas. Quem milita em partidos clandestinos que lutam renhidamente contra o TERROR de Estado, não.
AULA ANALFABETIZANTE número 2:
A Dilma é cupincha (com CH) do analfabeto.
AULA ANALFABETIZANTE número 3:
Em cima do meu pescoço tem coco (sem acento). Quem tem côco costuma ter cocô dentro.
AULA ANALFABETIZANTE número 4:
Continue rindo bastante enquanto o espelho não se quebra.

J Bar disse...

Interesting.

Raíssa Momesso [SCCP] disse...

Politica nao se discute né... Sou Serra!

Elza Magna disse...

Tem razão, Regina. E já tem mais um aí, e babando por causa deste seu comentário. Não costumo publicar comentários anônimos, mas abro uma excessão pra este. Afinal, trata-se de um bravo defensor da elite. Beijo, querida!

Verdade, Maria Luísa. E razão é um trem mais complicado que cabelo. Não dá pra implantar nem tem peruca, né? Beijo

"Antes da Tropa de Elite tucano que de uma facção criminosa QUALQUER"
Seu comentário já diz tudo, Anônimo. Só por isso o publico, pois não discuto com quem não se identifica.

Elza Magna disse...

Obrigada, J Bar. Seja bem-vindo. Beijo

O que não se discute é gosto, Raíssa, e outras coisas pessoais. A política é coletiva, baseia-se justamente na troca de idéias.
Mas eu não discuto o direito de quem não quer discutir. Ainda mais com alguém como você, uma pessoa tão especial. Beijo

Alda Canabrava disse...

Eu ia votar na Marina, mas a duas semanas da eleição decidi votar na Dilma. A parcialidade desavergonhada da Folha e da Veja mais a enxurrada de baixarias contra a Dilma dos internautas tucanos me convenceram que eu precisava rever o meu voto.

Espero que a Marina e seus eleitores se posicionem pelo bem do Brasil.

Deco disse...

Não sei como você conseguiu inventar TANTAS razões para votar no Serra...

Beijos

Eliane F.C.Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Novais disse...

Sensacional, Elza. Que ironia graciosa fizeste, moça. Se não me engano há um capítulo do velho bruxo em Memórias Póstumas de Brás Cubas onde este recurso é utilizado de maneira parecida, mas é um diálogo de Brás e Virgília antes do ato lascivo do sexo adúltero, rs. Uma beleza!

No mais, não gosto de me manifestar politicamente porque sinto que sempre sou imprudente, mas como você leu os meus sentimentos com este post, opino assim mesmo: Não tenho nenhuma certeza para votar em Dilma Rousseff, mas estou certo de que votar no senhor José Serra é eleger a não-cidadania. E logo agora que o Brasil começa a ir bem, que a desigualdade finalmente diminui, que a democracia é um bem social, enfim; logo agora que o meu povo, que vejo todos os dias no espelho do banheiro antes do café da manhã, começa a ter algum dinheiro para alimentar aos sonhos querem alguns donos da moral, da tradição, da propriedade e da família tornar à vaidade balofa, ao favorecimento pessoal, ao dogmatismo supérfluo, à espoliação do povo... Não! Não ao PSDB paulista! Não a não-cidadania!

Putz, que enfático! Desculpe a minha afetação, querida; veja bem, sou apartidário. É que devo estar com algum pecado grave... Amo esta pátria, embora eu não seja patriota... Tenho que ir à missa.

Um abraço.

Ricardo Novais disse...

Sensacional, Elza. Que ironia graciosa fizeste, moça. Se não me engano há um capítulo do velho bruxo em Memórias Póstumas de Brás Cubas onde este recurso é utilizado de maneira parecida, mas é um diálogo de Brás e Virgília antes do ato lascivo do sexo adúltero, rs. Uma beleza!

No mais, não gosto de me manifestar politicamente porque sinto que sempre sou imprudente, mas como você leu os meus sentimentos com este post, opino assim mesmo: Não tenho nenhuma certeza para votar em Dilma Rousseff, mas estou certo de que votar no senhor José Serra é eleger a não-cidadania. E logo agora que o Brasil começa a ir bem, que a desigualdade finalmente diminui, que a democracia é um bem social, enfim; logo agora que o meu povo, que vejo todos os dias no espelho do banheiro antes do café da manhã, começa a ter algum dinheiro para alimentar aos sonhos querem alguns donos da moral, da tradição, da propriedade e da família tornar à vaidade balofa, ao favorecimento pessoal, ao dogmatismo supérfluo, à espoliação do povo... Não! Não ao PSDB paulista! Não a não-cidadania!

Putz, que enfático! Desculpe a minha afetação, querida; veja bem, sou apartidário. É que devo estar com algum pecado grave... Amo esta pátria, embora eu não seja patriota... Tenho que ir à missa.

Um abraço.

Elza Magna disse...

Me parece, Alda, que os eleitores da Marina formam um grupo muito heterogêneo. Não dá pra prever o que eles, no todo, farão. Mas todos os que conheço, felizmente, não votarão no Serra. Alguns ainda não decidiram se anulam ou "dilmam", mas a grande maioria não hesitou e vai votar nela. Beijo

Não foi nada fácil, Deco. Suei um bocado... Beijos

Obrigada, Ricardo!
De fato, Machado usou esse recurso. E de lá pra cá, muita gente já o usou também. Conhece aquele livro totalmente em branco, com o título "Tudo que um homem de 80 anos pode fazer com uma mulher na cama"?
Sua imprudência no comentário político é muito eficaz. Se eu já não tivesse definido meu voto, você teria acabado de me convencer a votar na Dilma!
Também não sou patriota, mas pecados cometo muitos... e não tô nem aí pra isso. Beijo

Márcia Luz disse...

Como diz o povo aqui na minha terra: "Chique 10". Para a ideia, para o texto, para o título do post... transbordando criatividade e criticidade.

Gi disse...

Olá Elza! tava aqui procurando um post seu para te agradecer diretamente pela sua visita no meu blog. Muito bom receber "cabeças pensantes" no meu humilde porém distinto cantinho. rs E aproveitando a onda ... achei ótima (e criativa demais) essa sua idéia de postar aqui razões (bem convincentes por sinal)para votar na "moto serra"... ainda bem q ela ja passou foi longe né? hehehe adorei o blog... muito criativo, dinâmico e com um senso crítico inigualável! ja favoritei! aguardo o próximo post!

um grande abraço!

Gi.

Gi disse...

Ah sim! já ia esquecendo...
aquele licor caseiro nos espera... ;)
bjos

Gi disse...

Ah n creio! Vc conhece Simone Guimarães? poxa!! adoro demais o trabalho dela!!! E sim, venha à Fortaleza para que eu possa me redimir diante da falha cometida! rs
Vai ser um prazer enorme poder pagar essa dívida com vc! ;)

O licor caseiro (continua) a nossa espera...

e tenho dito!


p.s. me mantenha informada!

bjão