quinta-feira, 13 de junho de 2013

Sentido

.
 

. . ..  . . . . O que podes querer da vida,.
. . . . .. . . . se nela, poeta, tentas plantar
. . . . . . . . o que dela mesma colheste? .
 . . . . . . . Que rumo há de ter sentido .
 .   . . . . . . se não expressares somente .
  . .  .  .  .  .  . palavras que te constituem?. . . 
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .   . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Anga Mazle

28 comentários:

António Eduardo Lico disse...

Bela poesia.

Augustine disse...

Hola! Soy Augustine, de http://comounacucharitaenelcafe, mi blog se encuentra actualmente disponible solo para lectores invitados. Es por eso que te invito a enviarme una dirección de gmail y/o cualquier correo que uses para poder acceder! Enviala/s a augustinelemoine@hotmail.com (:

Disculpa por copiar y pegar! Un beso!

Regina Lemos disse...

Palavras de quem muito já andou, Anga.

Beijos

Clara Belisario disse...

Andavas sumida, Anga. Belo poema!

Beijos

Antonio Alves disse...

Poema denso, ilustração perfeita.
Beijos

Frederica disse...

Um metapoema da poeta... ou um metapoeta do poema!

Um beijo

Aline Chaves disse...

Com o novo devemos todos estar apalavrados... rs

Beijos

Julio Seidenthal disse...

Ah, as palavras que me constiutem, quem dera alguém desse importância, no vazio da minha indiferença, eu pinto. Parabéns pelo blogue.

► JOTA ENE ◄ disse...

Fato ...

Beijos !

Yania - Mi vida en sueños disse...

Hi! Lovely blog and great post! I would like to invite you to know my blog, do you like? ;) www.mvesblog.com

LE CHEMIN DES GRANDS JARDINS disse...

Il faut marcher loin en compagnie de ce poète.

Roger

Nel Santos disse...

O poeta é isso. É esta fonte de palavras, que se represadas, mata-o por asfixia.

Gosto do que escreves.

Beijos,

Nel

Juan Luis López disse...

Sentido sin alguno...caminemos

Besos!

Maria Isabel Montes disse...

Sentido, sentido de sentimento.
Sentido, sentido de orientação.
Sentido de sentido...
Com norte ou sem norte!
Sentido de desorientação?!



V.B. Mello disse...

E nisso está a falta de sentido, que o poeta, embora queira, não pode falar de nenhuma outra coisa, se não deixa de ser poeta, que nele não faça parte da alma que o constitui. É por isso que o poeta sangra quando escreve, porque seus poemas são parte da carne dele, e morre quando quer falar daquilo que não é ele. Parabéns, teu poema - raro poema - tem uma profundidade abissal.

Primeira Pessoa disse...

e a gente fica como na sua ilustração, tuca zamagna.
o mesmo lero-lero. a mesma lenga-lenga.

palavras, palavras, palavras.
e não saimos do lugar.

abração,
r.

Ina Mel disse...

Olá!
Não sou poeta nem poetisa, 'apenas' LEITORA,e, o que muitas vezes leio,neste Mundo Virtual, não tem começo, meio, muito menos fim...
Cabe a cada um definir seu fim.
Adorei essa grande boca aberta ao mundo.
Sem nenhum pretexto.
Um Abraço.

Laura Santos disse...

Um blog muito interessante , que me suscita curiosidade.
Adorei este poema. Voltarei com tempo para ler mais.

Laura Santos disse...

Parabéns, gostei muito do poema , com uma imagem muito apropriada!

Ina Mel disse...

Aos poetas (homens e mulheres)cabe tentar e errar, tentar e errar sempre, mas através da palavras, diferente de nós...mortais.

Mulher na Polícia disse...

Lindas palavras!
Poetizar é preciso.

: )

Cecília Romeu disse...

Tuca,
obrigada pela presença lá no meu espaço virtual, vou ficar ligada aqui também, desde já.
Por que palavras e seus aquém e além, nos constituem.

Beijão a todos!

Mynda e Raphael disse...

Olá amiga,
Estou pedindo para que siga esse blog ( http://quandovocevier.blogspot.com.br/ ),
pois deu um " erro " no outro, tive que fazer esse e já
convido também a adicionar o divulgador de blogs -- > http://quandovocevier.blogspot.com.br/p/blog-page.html

Abraços,

Quando ...

Isabel Cristina van Gurp disse...

Você adicionou meu blog, e naturalmente e logo quis saber quem era você...(não tenho tantos seguidores e por isso tempo suficiente para controlar todos kkk) Olhei seu perfil e me assustei e naturalmente te bloquei...entrei no seu blog...vi as fotos, li algumas poesias....eu ainda estou futucando seu blog, ainda super surpresa com suas paginas, seus textos e mais ainda com as fotos. E naturalmente desbloqueie você ou melhor seu blog, ainda estou tentando entender mas ainda tentando compreender porque você resolveu me seguir...fico super lisonjeada. Adorei seu trabalho bastante diferente do meu e das minhas poesias. Para você se situar eu sou a dona do http://entreratoscoelhosepoesiasnaholanda.blogspot.nl/

PAULO TAMBURRO. disse...

Olá,

sou seu mais novo seguidor.

Quem é você mesmo?

Espere um pouco.........Desculpe meu cachorro pulou em cima do meu teclado.

Bem, eu aprendi que blogues com tantos seguidores como o seu,é nada mais, nada menos do que ser mais um.

Explico:Tenho no meu blog HUMOR EM TEXTOS, 2.200 seguidores e fico muito chateado em não poder dar atenção a eles, responder, enfim...

Nos meus outros três a média é de 400 seguidores, bem aí é diferente.

Mas, isso tudo é para lhe dizer que,nem estou querendo da vida virtual, colher mais nada.

Apenas gostaria é que você tivesse a certeza de que, jamais poderia e aqui principalmente, deixar de expressar palavras que me constituem.

Que rumo haverá de ter neste sentido, agora tornado público,se por acaso identificar, gostaria de compartilhar comigo?

Ajudaria muito!

Pô meu cachorro, tá impossível, aliás é uma cadela.

Faz toda a diferença não é?

Faz?

Um abração carioca.



António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

filipe com i disse...

sensacional, um cavaleiro andante em busca de sentido, constituído d palavras!

Sinval Santos da Silveira disse...

Adorei o trabalho!

Parabéns
Sinval