quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Peças íntimas

.


Elza Magna . . . , .

Querer

– O problema, amor, é que eu não sei bem o que eu quero.

– Escolha uma opção qualquer, querida, e vai fundo.

– Como, se nem sei quais são as opções?

– Então não há nada a fazer. Problema resolvido.

– Resolvido, merda nenhuma. Seja lá o que for que eu queira, eu quero, quero muito e quero agora!

.

Escuridão

– Espera, bem. Deixa eu apagar o abajur.

– Que isso? Você nunca teve essa frescura de transar de luz apagada.

– É que antes, eu...

– Você se fazia de desinibida pra me seduzir.

Antes, eu...

– Você não tinha tanta ruga e celulite.

Eu...

– Fala logo, porra!

– Eu não precisava sonhar que estava transando com o homem que eu amo.

.

Promiscuidade

– Você não tem vontade de transar comigo e com outra mulher?

– Você quer dizer a três?

– Ou a quatro. A Dê e a Lica já me disseram que te acham um tesão.

– Ficou louca, amor? Eu, transando com você, sua prima e sua melhor amiga?

– O que que tem? Você acha elas sem graça?

– Não. Elas são bonitas e muito sensuais. Acontece que eu não preciso de mulher nenhuma além de você.

Sei que não. Mas é uma vezinha, só para quebrar a rotina.

– Não dá, não. Já tive essa fantasia na adolescência. Mas hoje...

– Teve?

– Tive. Todo homem tem.

– Tem?

Acho que sim. É uma coisa natural.

– Natural, né?... Suma da minha vida, já, seu cínico, tarado, promíscuo!

. . . . . . . . . . . . . . .. * * *. . . ... . . * * *. . . .. . . . * * *

. . . . . . . . .... . . Imagem extraída do blog Cavalo Crazy

.

20 comentários:

Bípede Falante disse...

Adorei as três, mas a primeira é imbatível! :)

Thiago Quintella de Mattos disse...

No primeiro diálogo, o oco do desejo, do querer, comum. No segundo, a porrada da realidade, com o desejo estourado. No terceiro, o dilema falso, com um só final, a crítica, pois se fosse o contrário, o cara seria um fraco, janota, certinho, ridículo! E aí, que fazer?

Wilden Barreiro disse...

Andavas sumida, hein, Elza!

Belas peças íntimais. Com perfeito equilíbrio entre a teatralidade da comédia e a delicadeza da lingerie.

Beijão

Regina Conde disse...

Três mini-estórias, três críticas (ou auto-críticas?) com muito humor, Elza!

Achei bem legal também essa idéia de ligar a ilustração ao último texto.

Beijos

Patife disse...

Obrigado pela primeira grande gargalhada do dia. ;)

I.B.G. disse...

Nice blog. I liked it!

Maria Regina Lemos disse...

Maravilha, Elza!

Beijos

«╬♥ LADy M«╬♥ disse...

OLa desculpe pela demora ..estou passandu por aqui para desejar um feliz natal ja que estou saindo de viajem.. quero q a paz esteja com todos meus amigos.. bjs flor

Antonio Alves disse...

Ótimo, Elza!

Já vivi diálogos parecidos com a da primeira e da terceira estória. Com a da segunda, não, que não faz nem um pouco o meu gênero.

Beijo

Tita Nasc disse...

Adorei, Elza!

Beijos

Allyce Teixeira disse...

Oi oi, desculpa mesmo por demorar a responder , você postou um comentário no meu blog em outubro sobre o texto que eu coloquei como autor desconhecido, desculpe pelo erro, mas vi aquele texto em um livro e o autor foi apresentado como desconhecido, entende? Um beijo, bom domingo ;*

Maria Janice disse...

E depois dizem que mulheres são complicadas. Somos tão previsíveis - até na imprevisão...hihi
E o script segue!

Muito bom Elza, muito bom.

beijo.
Janice.

Dom Quixote (Thomaz) disse...

Papos bem modernos..rs..rs...Minha opinião: dividir a quem se ama, nem em pensamento. Feliz Natal e sucesso em 2011,

Lisarda disse...

Genial, é o mundo de Pietro Aretino!

Anônimo disse...

Hello! Your site really interesting, especially the pictures I really love and see the movies, I recently came across your blog and have been Watching and looking pictures along. I have enjoyed your web blog. Nice blog. I will keep visiting this blog very often.

Soly Star

Mari Amorim disse...

Desejo a você um Natal feliz e um Ano Novo,cheio de oportunidades.Obrigada por ter compartilhado,sua amizade comigo em 2010.
Boas energias,os 365 dias de 2011
Mari

J Araújo disse...

Tuca, estamos vivendo os ultimos dias antes do natal, é hora de refletir para que possamos rever o nosso passado para melhorar o nosso futuro. Que Deus nos abençoe e brilhe com sua luz perante você, abrindo o caminho até Ele!
São os votos de J Araújo

Abraço

João Bosco Maia disse...

Vagando nessas tantas ruas virtuais, encontrei tua porta de amante das Letras aberta - e entrei. Devo anunciar-me como um desses que diz "Oi, de casa! Trago aqui em minhas mãos a chave para dias melhores: escrevo e vendo livros!". Assim, venho te convidar para visitar o meu blog e conhecer as sinopses de meus romances, a forma de adquiri-los e, posteriormente, discuti-los. Três deles estão disponíveis inclusive para serem baixados “de grátis”, em formato PDF.
Um grande abraço literário,

João Bosco Maia

Luis Paulo Quintela disse...

Elza,

Deliciosas as suas peças íntimas (epa!)

Que venham novas safras em 2011, e você continue a seduzir leitores ingênuos como eu...

Beijos

Cynthia Osório disse...

Poxa que massa! Humor inteligente!