sábado, 13 de março de 2010

Valeu, Glauco!

.
.

6 comentários:

Sol Pereira disse...

É isso aí...Valeu mesmo, Glauco!
Agora lá no céu vai continuar fazendo o povo rir.

Obrigada, Tuca.

Bj

Lupe disse...

Valeu, e como valeu Glauco!
Eu tinha acabado de ler o noticiário sobre esse crime absurdo que nos roubou uma pessoa tão especial, quando abri a sua postagem Tuca. Acostumuda a rir das coisas que você publica, fiquei muito comovida com esse post quase sem palavras que não as dos desenhos do Glauco. Ri e chorei lendo o Geraldão, a Don Marta e os outros. Muito lindo, você é demais. Obrigada. Bjs

Adriana disse...

Li várias postagens sobre a estúpida morte do grande Glauco, mas nenhuma tão enxuta, tão exata na traduçõ do que eu estava sentindo. O trabalho dele fala por si, dá a medida perfeita da falta que ele nos faz. "Valeu, Glauco!" escrito com a letra dele, é o recado certeiro, sua comoção disparada em direção à nossa. Valeu, Tuca!

Marcel Zaner disse...

Senacional a homenagem. Valeu, Tuca!

Paulinho Saturnino Figueiredo disse...

Legal, Tuca, e a turma nem sacou que foi o próprio Glauco que, em avant-première do além, escreveu esse auto-valeu... falando nisso, onde você conseguiu tal psicografada? Foi, como de hábito, na tenda da cabocla Celina Xavier (que anda reencarnando os talentos do primo Chico, aquele que vai sustentar o Daniel Filho nesse 2010)? Êparre, meu santo...

Tuca Zamagna disse...

Valeu, Sol! Valeu, Lupe! Valeu, Adriana! Valeu, Marcel!

Não valeu, Paulinho! Você está impedido, numa tremenda banheira! Porque a Tenda da Celeuma faliu faz tempo. O primo Xavier que está em alta agora é o Joaquim José da Silva. Estamos bem enforcados!